Doria diz que Bolsonaro aceitou transferir Ceagesp para governo de São Paulo

0
123

Decisão ocorreu em reunião entre presidente e governador em Brasília. Com transferência, o principal entrave para mudar Ceagesp de endereço foi derrubado.

Bolsonaro e Doria em encontro em Brasília nesta terça-feira — Foto: Divulgação/governo de São Paulo

Bolsonaro e Doria em encontro em Brasília nesta terça-feira — Foto: Divulgação/governo de São Paulo

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) autorizou nesta terça-feira (23) a transferência da Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), que atualmente é federal, para o governo do estado, segundo o governador João Doria (PSDB). Com isso, o principal entrave para a mudança de endereço da Ceagesp deve ser derrubado.

A decisão ocorreu em encontro de Bolsonaro com Doria em Brasília. A Ceagesp deve ser transferida do Ministério da Agricultura para a Secretaria Estadual de Agricultura e Abastecimento. O porta-voz do governo federal, Otávio Santana do Rêgo Barros, afirmou que “há estudos para passar a gestão do negócio e não o patrimônio para o estado de São Paulo.”

Assim que as questões legais forem resolvidas, Doria pode tirar do papel o antigo projeto de criar uma nova central de abastecimento mais distante da Zona Oeste. O governador afirmou que o novo entreposto irá para uma área seis vezes maior. Ele não quis dizer o local, mas adiantou que a nova Ceagesp será viabilizada com dinheiro de empresas e que ficará perto de uma rodovia com ligação mais rápida ao Porto de Santos e às rodovias que passam pelo estado de São Paulo.

“A ideia é que todo o programa esteja concluído até o final deste ano e já no ano que vem nós possamos apresentar um novo local e iniciar a implementação do novo Ceagesp, que até 2021 já estará num novo endereço e liberando a área atual para a implantação do CIT, o centro internacional de tecnologia e informação conforme mencionei o vale do silício em São Paulo”, disse Doria.

Parque tecnológico

No começo de 2018, quando ainda era prefeito, Doria afirmou que a Ceagesp mudaria de lugar e que o espaço na Vila Leopoldina abrigaria o Centro Internacional de Tecnologia e Inovação (SP CITI) até 2020.

Apesar do anúncio, o tucano não confirmou se a Ceagesp migraria para região próxima ao Rodoanel.

Sede atual da Ceagesp, na Vila Leopoldina, Zona Oeste de São Paulo — Foto: TV Globo/Reprodução

Sede atual da Ceagesp, na Vila Leopoldina, Zona Oeste de São Paulo — Foto: TV Globo/Reprodução

Campo de Marte e Porto de Santos

Durante a reunião, Doria também solicitou ao presidente que a pista para pousos e decolagens do Campo de Marte seja gradualmente desativada para a implantação do Museu Aeroespacial do Brasil, com o acervo da família Rolim, e do Colégio Militar de São Paulo.

O governador também reiterou o apoio à privatização do porto de Santos. Ele participou de audiência com o Presidente Jair Bolsonaro e o Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, no Palácio do Planalto. A pauta deverá ser debatida entre estado e União no segundo semestre de 2019.

Com relação à privatização do porto de Santos, o porta-voz Rêgo Barros afirmou que “ainda encontra-se em fase de estudos”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here